Maconheiro no ônibus. #2

Um conto erótico de LekeCaçador
Categoria: Homossexual
Data: 13/07/2017 23:07:45
Última revisão: 13/07/2017 23:15:23
Nota 8.75

[Já relatei algumas experiências neste site. Fiquei uns dois anos sem publicar nada, mas passei por uma experiência que precisa ser compartilhada com vocês. Se este relato produzir bons resultados, muitas visualizações e comentários, eu continuarei tentando postar minhas experiências com mais frequência.]

SE AINDA NÃO LEU A PRIMEIRA PARTE CLIQUE NO MEU NICKNAME LEKECAÇADOR NA CATEGORIA AUTOR ACIMA DO TEXTO E PROCURE O ANTERIOR ENTRE OS MEUS CONTOS.

Maconheiro no Busão. #2

Continuando o meu relato.

O ônibus seguia o seu curso. Eu estava sentado no fundo e ao meu lado o rapaz desconhecido que eu tinha feito amizade dias antes. Ele tem mais ou menos um e oitenta de altura, moreno, rosto comprido, usava bonés, mas o cabelo sempre estava raspado. Vestia sempre bermudas, mesmo quando estava frio. Pernas longas, canelas finas, porém, as coxas eram grossas, provavelmente ele jogava futebol. Falava de forma arrastada, o que deixava as coisas mais tensas, com uma voz grave, grossa.

Todos os dias, pegávamos o mesmo ônibus e tínhamos criado certa amizade, mas a tensão sexual estava sempre presente, seja nos olhares, risinhos, ela podia ser sentida até nas respirações. Mas nesse dia tudo mudou.

Ele me perguntou se poderia me mostrar um segredo e eu prontamente, mesmo que desconfiado, aceitei. Ele abriu a mochila e tirou um embrulho, dentro do embrulho estava o segredo: um pedaço de maconha.

Obviamente eu fiquei confuso. Várias coisas se passaram em minha mente. Ambos poderiam ter confundido tudo. Ele poderia estar apenas chapado e isso explicaria o seu comportamento. Ele poderia ser um traficante. Eu já tinha lido sobre caras héteros que ficavam com outros caras sob o efeito da erva, mas eu estava totalmente por fora de assuntos relacionados à maconha, por isso não tinha percebido que ele provavelmente estava chapadão durante as viagens.

- Que isso, cara?! Ficou louco? – Eu disse assustado.

- Calma. Tá de boa. Sempre faço isso, nunca deu em nada. – ele tentou me acalmar e essa conversa seguiu o resto da viagem. Infelizmente o clima foi estragado, ele voltou para o seu lugar de hábito e ficamos em silêncio. Quando chegamos em nossa cidade, ele quebrou o gelo:

-Mano, você é gente fina e eu não quis te ofender. Só pensei que curtia. Vamos deixar isso pra lá. Esquece. Não quero estragar a amizade com você sem motivos. – ele estava muito sério e eu só consegui responder um “beleza cara”. Meu ponto chegou e eu me despedi. Desci do ônibus sem saber o que fazer. Tudo tinha ficado muito confuso. Chegando em casa tirei minhas roupas e fui tomar um banho. Estava tão desnorteado que nem me masturbei nessa noite. Deitei-me, mas não consegui dormir. Eu estava errado? Deveria ter visto onde dava?

No outro dia, no ônibus, nos cumprimentamos, mas não conversamos. Assim seguiu por toda a semana.

O fim de semana chegou. Eu estava em uma seca danada, não tinha ninguém pra ficar. Meu pensamento sempre se voltava para o rapaz. Quando o tesão falava alto, sempre vinha a certeza que eu deveria me arriscar, mas quando eu me masturbava e gozava o bom senso martelava a ideia.

Por fim o tesão falou mais alto: eu iria investir pra ver no que dava.

Na segunda, quando entrei no ônibus já fui direto pro fundo e me sentei ao seu lado. Ele olhou pra mim sem entender o que estava acontecendo e eu disse:

-Quero pedir desculpas. Fui muito babaca com você. É que não conheço essas coisas e fiquei meio assustado, mas agora tô mais tranquilo.

Ele olhou nos meus olhos uns instantes e soltou um “tá de boa cara”.

Continuei sentado ao seu lado e pedi para que me explicasse tudo sobre maconha. Fiquei muito interessado no que ele falava, parecia ser muito bom, mas lá no fundo sempre com aquela convicção que era errado. Ele me contou que depois do trabalho ele andava alguns quarteirões e se sentava em uma pracinha que tinha um dos pontos de ônibus da zona rural e fumava uma ponta. Eu contei que nunca tinha percebido e por isso tinha ficado surpreso. Ele riu e disse que como fumava com frequência, uma ponta não o deixava doidão, apenas relaxava.

Ele continuou me explicando os efeitos. Percebeu o meu interesse. Até que entrou na parte que mais me interessava: sexo.

Ele me disse que sexo sob o efeito da droga era alucinante. Eu comecei a ficar excitado, mas ele não percebeu, mas dava pra ver que ele estava ficando excitado também e o volume começou a cresceu e tomar forma.

- Deve ser bom mesmo! Só de falar você já está ficando duro ai né – falei, rindo sem graça.

-Fala não mano. Fico com muito tesão, eu me sentei aqui no fundo pra ver se conseguia bater uma nas voltas, mas fico sem graça com você. – ele respondeu.

- Que isso cara! Eu não sabia. Era só ter falado que eu me sentava mais a frente. – falei, simulando consternação.

-Não, não! Nada disso. Você já estava aqui ué. Eu que teria que sair. – ele respondeu rapidamente.

A oportunidade tinha chegado e era agora ou nunca.

- Mas você não precisa se preocupar comigo, pode bater a vontade, eu não me importo. – falei com o máximo de naturalidade que eu pude.

- Sério mano? Não importa mesmo? – ele perguntou desconfiado.

- Sério. – respondi firme.

- Então você poderia me ajudar. – Meu coração disparou quando ele terminou a frase.

- Eu fico muito aéreo, então você poderia ficar sentado aqui do meu lado, se o cobrador vir em nossa direção você me avisa. – ele disse empolgado.

Meu coração estava muito acelerado, mas aceitei.

Seguimos viagem. Meu coração estava quase saindo pela boca. Eu comecei a tremer, sem saber o que fazer. Estávamos chegando na cidade que fica no trajeto para depois seguirmos para a nossa. Quando passamos dessa cidade e o cobrador já tinha passado conferindo as passagens e virou pra mim e disse:

- Preparado?

Eu apenas balancei a cabeça confirmando.

Ajustou-se na cadeira. Levou as mãos para a bermuda. Abriu o botão. Abriu o fecho. Abaixou a bermuda. Ficou, ainda, de cueca. A cueca era branca e o tecido desenhava o pau claramente. Eu conseguia ver todo o contorno do pau, da cabeça, e aparentemente, era, como eu imaginava, muito grande. Na ponta do contorno da cabeça eu pude ver que a cueca estava molhada, ele estava babando.

[Continua...]

[A história é real e quero contar mais detalhada. Minhas histórias são sempre diretas, mas este caso me deixou com tanto tesão e a parte da sedução é importantíssima. Mas depende de vocês, se estão gostando ou não. Esta é a primeira vez que eu publico um conto maior então será divido, para não ficar cansativo. Na medida em que eu perceber o interesse dos leitores eu continuo. Se vocês preferirem um conto menor, mais direto e com muita putaria, procure pelos meus outros contos. Mas podem ter certeza que este conto vai ter muita putaria!]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/07/2017 09:20:06
AAAAH!!! Escreve tudo de uma vez. Não fica cansativo não, juramos! rsrsrsr Adorando!! <3
15/07/2017 09:19:28
Ahhhhh, publica tudo de uma vez. Não fica cansativo não! rsrsrsr Adorando!
14/07/2017 07:39:38
Conta mais.
14/07/2017 07:29:54
Não faça episódios tão curtos assim!
13/07/2017 23:18:20
Continua boy, to duro aqui

Online porn video at mobile phone


foda insana com cunhadameniniha delirando xvideoa mãe deixando o negão afrouxa a bucetinha da sua filha novinhaContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocasada aguentando 24cm de rola do amante que nao aguenta e goza rapidocontos eroticos cuidando da cunhada com a perna quebradaAbaixar videos de porno para celulasinhoporno pai e filhinha no maio saroporno xoxota loucas surpresasair saigui depois de dar abicetacontos minha buceta adora mao dentro fistimgRASGANDO O CU VIRGEM DE PATROAS VIDEOS BRASILEIRASconto erótico esposa de fériasxvideo garotas magrinhas e pequinhaskero.buctamulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.vídeos pornô certinho não quero nenhum errando dando errado por favor obrigadafilho curioso brexando sua mae trocando de roupamiha putinha loira procura negao do pinto grandeconto erotico de meninas com caminhoneiro nas paradasXVídeos vou comendo a neta no matinho do arbusto da casa delecomida e margarina no cu e na bunda inteira delaforcando o meio irmao a chupar mundobichacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeazulão transando as baixinhasporno gay mundobicha namorados depois da briga vem a reconciliaçãoporno novinha fica brava porque a camisinha estourou e ele nao avisouxvidio frago e bateu praeli ate gozaContos eroticos novinhos que gostao de pica pretamarido esposa hormonios femininos dedos no cu conto eroticoFui encoxada e iniciada por um roludo porno puta com o cu calejado dano pra varioscontos de mae.putona tarada pela rola do filhomaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiiminha tia magrinha enrrabado por um criolacomeminhaesposagostosa.comhomem é menor que dá mais uma rola de homem mamando no peito da mulher enfiando a rola dentro do mosquitodestraçada por dois paus pornodoidocara batendo punheta com sabonetes lambuzando a rola com sabonete e batendo punhetajenivan porno gay xvideosArrombou minha buceta contocontos eroticos de feminizaçao parte 2produtora cabine erotica spabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadaporno família favelatico cabeçudo abrindo achecaflagrei minha tia dormindo de sorte largo pornocontos eroticos de filho fazendo podolatria com a maetezãozinho fodendoxvideo garotas magrinhas e pequinhascontos eroticos rapidinha com sobrinhomenina olha pau groso sexo xviddeocontos de casadas dando uma rapidinha com outros no carnavalos cara chegaram passando a mao na gostosa depois fuderam ela porno a.focaencanador instalando o cano da pia em casa a dona dormindo ele olhando a dona batendo p******xvideo pausado é rabada gozando é chorandoXVídeos padrasto batendo p****** sendo assim sendo trocados pela bocatia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbriocontos eroticos adoro quando minha esposa si ezibi pra outro quase peladaconto eróticos com freiraporno doido extaziadas de prazerFamilia Sacana pornoincestossexo com animaisConfesso q peguei minha irmã rapando a bucetaquero ver homem lascando a b***** da mulher e a mulher gemendo de prazer arrotoporno empurrou de uma vez que ela pinotoucontos eroticos gays o principe roludoxvideos pau untado no cuzinho apertado da novinhaAiiii tipo mais devagar mh Bucetinha virgem contos eróticogosando dekiciosamente com namoradopornôabaixarabaixarpornôFilha safata pai thomar palho pra fudeconto erótico lésbico narrado no YouTube com minha priminhacache:pOPxSXOTitUJ:zdorovsreda.ru/texto/201807107 vídeo de sexo brasileiro padrasto inventa que tá a Baby enteada Leva ele para o quarto chega lá e chupa a buceta dela e goza no cuhttp://conto me vinguei com pauzudoestudante novinha chegou da escola e foi surpreendida por um tarado q comeu a bucetinha dela virgem fudeu até sangrar e gosou dentro da bucetaxvideo so xopada curtas em bucetascontos eróticos massagem na coluna de minha esposacontos gay romance real padrasto e enteadofui me depilar no salão e ganhei uma chupadacontos engravidei mamaeesposinha puta veste roupas curtasxvideos entuziasmada com rolaloirinha pesou que ia so fazer chupeta mas tomou muita porraporno real rio sex com isaque e as novinhas de cabelo cutobucetascontocontos eroticos conhado bebado abandona esposavideos novinha reagindo um compo malhadocontoeroticos de novinhas falado o quanto doi dar o cuzinhos .com/caseiroscaralhos gigantes e cabeçudos de héteros no pornodoidocasada coroa video fotocorno secretoporno contos apalpada pelo tio do maridoputao de esteio chupador rscontos chefe comedoreu mostro a Deus e o Diabo que eu como esse comer aquikkkkcontos eiroticos leilapornO que e doidopornconto erótico scat